O que é laudo médico e qual sua importância?

por Lívia Nogueira em 19/08/2021 ⇠ Veja outros Posts

O laudo médico é um dos mais importantes documentos da medicina e, consequentemente, da telemedicina também. Trata-se de um documento de significativa importância não apenas para o paciente, mas para o profissional da saúde também.

Neste post veremos qual sua utilidade e como elaborar um bom laudo. Vamos lá?

A utilidade do laudo é formalizar e compartilhar os resultados dos exames realizados para os pacientes. Ele pode ser impresso ou com acesso online através do laudo a distância e certamente sua emissão é uma das principais atividades realizadas em centros de saúde responsáveis por exames de imagem.

O documento oficial contém assinatura do médico especialista responsável, que é quem deverá avaliar os exames do paciente. É preciso que seja bem feito para que não haja o risco da necessidade do paciente realizar novos exames e, assim, atrasar seu tratamento. Lembre que um laudo médico bem feito facilita bastante o diagnóstico.

Como elaborar um bom laudo?

O óbvio muitas vezes precisa ser dito. Um bom laudo é aquele completo, acessível e feito de forma padronizada, pois assim terá uma melhor compreensão para médicos e outros profissionais da saúde que precisem analisá-lo para o paciente.

Ainda há muitas unidades de saúde que infelizmente sofrem com a falta de organização nas informações que precisam ser claras nos resultados dos exames de imagem, então é sempre importante revisar o que é essencial na execução de um laudo médico. Acompanhe:

Componentes básicos:

  • Nome completo do paciente

  • Nome e endereço do local de realização do exame

  • Nome do médico responsável pela solicitação do exame

  • Data de realização

  • Justificativa para a solicitação do procedimento

  • Conduta e descrição detalhada do exame

  • Hipótese diagnóstica

  • Informações adicionais do paciente como idade, peso e altura

O Conselho Federal de Medicina (CFM) recomenda, ainda, as seguintes questões para a elaboração de um laudo médico:

  • Ficha clínica contendo a anamnese, os exames físicos e as hipóteses dos diagnósticos feitos pelo médico

  • Exames complementares, como exames radiológicos, exames de laboratório, ultrassom, etc

  • A folha de prescrição médica, contendo relatório de enfermagem (ou que o relatório de enfermagem seja feito separado)

  • Quadro de temperatura-pulso-respiração (TPR)

  • Resumo de alta/óbito

Importância do laudo médico

Seja para a saúde da população em geral, seja para a perícia judicial, seja para saúde ocupacional, doenças e acidentes, o laudo médico é um documento essencial na medicina.

Um laudo médico bem feito contém o máximo possível de informações úteis sobre o paciente, conforme citado acima e, assim, serve de base para orientar o paciente caso seja necessário realizar algum tratamento. Todo laudo apresenta linguagem técnica específica, visto que faz parte de um padrão estabelecido pelas sociedades responsáveis pela medicina.

Uma boa e eficiente forma de emitir um laudo de exame é através da emissão de laudos médicos a distância.

Todo o procedimento é bastante eficaz e prático! Após a realização do exame de imagem feito, os dados enviados pelo aparelho digital responsável são convertidos em imagens internas do corpo. Tendo em vista que as imagens digitais são pixels, podem então ser compartilhadas por meio de uma plataforma de telemedicina.

A partir de então esse documento fica disponível de forma bastante acessível para que seja consultado tanto pelo médico responsável quanto pelos profissionais da clínica e os pacientes, desde que tenham o login e senha para isso.

Por fim, os especialistas podem redigir o laudo de forma totalmente online e remota e disponibilizar no portal em questão para que os médicos possam avaliar os exames de acordo com o histórico do paciente e encaminhá-lo para tratamento caso necessário.

Perícia judicial

Para a perícia, um exemplo de aplicação é se caso um juiz de Direito determinar esse documento, será utilizado para designar que o profissional da saúde realize a consulta que o cliente precisa e, assim, o documento será utilizado a favor da resolução sobre o que levou o cidadão a recorrer à Justiça.

Saúde ocupacional

Outro uso muito comum do laudo médico é na saúde ocupacional. Veja alguns exemplos de como pode ser utilizado:

  • avaliar se um paciente teve derrame cerebral ou não, para saber se ele está apto ou não para trabalhar

  • se apresentar alguma doença ou sequela de acidente, revelar se há incapacidade ou invalidez física/mental

  • caso o médico seja solicitado a comprar uma doença ou ferimentos sérios após o paciente sofrer algum acidente ou for vítima de algum crime

  • doença ou lesão consequente de morte (causa mortis)

  • resultado de acidente e sequela, seja de forma temporária ou permanente

  • se o paciente executa atividade que exerça risco para si mesmo ou para os que o rodeiam

Laudo médico com CID

Quando a sigla CID (Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde) aparece num laudo médico acompanhada de um número, é referente a classificação da doença ou problema que foi diagnosticado. Tal número é utilizado pela medicina ocupacional para não deixar o trabalhador constrangido ou exposto.

Laudo médico para PCD 

No caso de trabalhadores com alguma deficiência (PDCs), a apresentação do laudo médico também é obrigatória pela medicina ocupacional, pois é através de exames e análises que o médico deve atestar a deficiência do paciente. A identificação também é feita em um documento com o código CID.

A diferença é que em laudos para PCD, o médico precisa detalhar quais são as limitações que o paciente apresenta, além de apenas colocar o código CID. É um fator de extrema importância, pois nem toda deficiência entra no sistema de cotas que as empresas estabelecem. Outro fator é documentar se aquele trabalhador está apto ou não para exercer a atividade que a ele for direcionada.

 

Pense bem em cada um desses pontos aqui destacados, assim você dará ao paciente o melhor de si num laudo bem feito, completo e claro em tudo o que se propõe registrar e documentar.

Para quaisquer dúvidas que possam surgir sobre o tema ou sobre o nosso sistema propriamente dito, estamos à disposição para saná-las e ajudar no que for necessário. 

Fique de olho e nos acompanhe nas próximas postagens! :)

Lívia Nogueira

Lívia é do time de Marketing e redatora do BeeRads.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar: